Fale Conosco 24 98865-8984

A travessia Universo-Mundo nos chama a sair do mundo natural. O último parágrafo de Darwin em seu livro a Origem das Espécies de 1859, diz que ‘…’. Talvez esteja aí o marco do início do momento histórico da virtualidade.

Na virtualidade está a inserção da psicologia no processo histórico do homem. O homem é um ser oriundo da Natureza. Do meio ambiente do planeta Terra formou a sua estrutura. Entretanto, após milhões de anos, estamos percorrendo uma nova migração extraordinária. A do natural ao virtual.

O século 21 conduz uma civilização baseada na virtualidade. De árvores e rios passamos para a folha em branco. A partir de imaginários começamos a transformar o mundo natural. Nenhum arranha-céu ergue-se de uma semente. A sua origem está no cultivo de símbolos na folha em branco. Desta lavoura é que crescem os produtos que materializam nossa época.

Não faltam smarthpones a caracterizar o estado de virtualidade que a época atingiu. Não existe mais retorno. Falta a interpretação desse novo quadro da História. Como relacionar o natural com o real através do virtual?

Deixe um comentário